07 de dezembro de 2010
 

O Abaixo-assinado de Barão Geraldo

Campinas, Novembro de 2010
ÀS
DIGNÍSSIMAS AUTORIDADES COMPETENTES E RESPONSÁVEIS PELA SEGURANÇA DO DISTRITO DE BARÃO GERALDO


Prezados Senhores,

Dados atuais obtidos junto à Sub-Prefeitura e os órgãos de segurança pública dão conta que o Distrito de Barão Geraldo tem 65.000 habitantes distribuídos em 74 bairros e com a maior renda per capita do município; em termos populacionais é maior do que 80% dos municípios do Estado.

Uma população flutuante atual de 80.000 pessoas circula diariamente pelo Distrito, principalmente com o objetivo de estudar nas três Universidades – Unicamp, Puccamp e Facamp -, trabalhar ou serem atendidas pela reconhecidas estruturas de saúde – Unicamp, CAISM, Centro Médico e Instituto Boldrini, dentre outras. Apenas nas universidades circulam quase 50.000 veículos por dia.

A criminalidade no Distrito aumenta dia-a-dia, e sua população resolveu manifestar-se das mais diversas formas, no sentido de chamar a atenção das autoridades com relação à segurança. A violência urbana está muito presente, vista em vizinhos, amigos, parentes e empresas locais – sem exceção.

A violência existe até mesmo quando as pessoas se vêem obrigadas a ficar trancadas dentro de suas casas, acreditando ser mais seguro. Deixam assim o seu direito de ir e vir, de liberdade, da falta de cuidado do Estado para com o assunto.

Não é justo pagar por segurança particular quando o Estado deve garantir constitucionalmente esse direito aos seus cidadãos, pagadores de altos impostos para todas as esferas. A segurança privada não cobre outras formas de violência que são praticadas e que agridem valores e princípios suportados por nossas leis, cujo cumprimento o poder público deveria fiscalizar e defender.

Bares sem alvará e festas irregulares promovidas por repúblicas de estudantes agridem o sossego noturno de vizinhos e moradores, dos quais muitos são crianças e idosos. Transformam - em muitos casos - ruas em banheiros públicos, vandalizam contra lixeiras fixas, carros e equipamentos públicos, isso sem contar o uso de álcool e/ou drogas, facilitadores indutores à criminalidade.

A Polícia Militar tem jurisdição que vai bem além dos limites do distrito e a Polícia Civil tem horário de funcionamento bastante reduzido. Ambas dispõem de recursos materiais e humanos insuficientes para atender a todas as ocorrências, originando assim a fixação de prioridades de atendimento, por si só muito frustrantes para os anseios dos contribuintes. Para completar, o programa Tolerância Zero da prefeitura do município aparentemente tolera a doença enquanto ela não se transforma em epidemia.

O objetivo central deste abaixo assinado é de unir o Distrito às autoridades políticas e policiais, para que, juntas, possam acabar com a onda de violência e criminalidade de forma efetiva, e ter condições de aplicar o Programa Tolerância Zero às infrações de nossas leis. Cumprindo o papel de vigia da sociedade, as principais reivindicações são:

• Atenção das autoridades e políticos com relação à segurança proporcionada pelas leis vigentes;
• Aproximar o policiamento do cidadão;
• Reduzir a jurisdição do Batalhão da Polícia Militar de Barão Geraldo aos limites do distrito, aumentar efetivamente seus recursos materiais e humanos de maneira condizente com a demanda existente;
• Ter um policiamento preventivo integrado, constante e ininterrupto em todas as localidades do Distrito da Polícia Militar e da Guarda Municipal;
• Melhorar as condições físicas, psicológicas e materiais dos policiais;
• Ter um serviço de investigação mais eficaz;
• Ter um plantão de 24 horas no 7º. Distrito Policial para evitar o deslocamento a noite e nos finais de semana ao já sobrecarregado 40 Distrito Policial, no Taquaral, ;
• Criar pontos comunitários móveis no Distrito – tal qual como no Cambuí e outros bairros do município;
• Exercer uma fiscalização, permanente de obras, de trânsito, sanitária e de eventos no Distrito, v .
• O original deste abaixo-assinado ficará sob a responsabilidade da Comissão Organizadora e serão entregues cópias para quem se interessar, por tratar-se de um documento de interesse publico.

C/C. para:

CPAI-2 - Comando de Policiamento de Área do Interior
Cel. PM Almir Gonçalves Albuquerque

8° Batalhão da Policia Militar de Campinas
Maj. Pm João Carlos Arraez

3ª Cia. Policia Militar Barão Geraldo
1º Tem. PM Marcelo Roda De Magalhães

Delegacia Seccional de Campinas
Dr. Rielson José Alves Cardoso

Policia Civil - 7° Distrito Policial
Dr. Tadeu Aparecido Brito de Almeida

Jornal Integração de Barão Geraldo
Sr. Milton J. Flaitt

Prefeito do Município de Campinas
Dr. Hélio de Oliveira Santos

Câmara Municipal de Campinas
Vereador Aurélio Claudio, Presidente da Câmara


A assinatura do abaixo-assinado pode ser feita pela Internet em um dos sites abaixo:

http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/7579
http://www.bit.ly/xoviolencia
Clicar em       >>assine este abaixo-assinado<<

 

 

Anuncie no Barão em Foco

 

Home

Agência 15